Manutenção preventiva: veja 3 benefícios

A prevenção é definitivamente o melhor remédio. Esse ditado se aplica a muitos cenários de nossas vidas e com as máquinas não é diferente. Quanto antes prevenir um problema ou um defeito melhor e com certeza mais barato será para sua empresa.

Além dos custos uma máquina danificada por completo pode provocar danos ainda maiores, como perdas de dados, de produtividade ou ainda falhas operacionais ocasionadas pela simples falta de manutenção nos equipamentos.

Por isso no post de hoje vamos dar algumas dicas sobre manutenção preventiva ou corretiva, a fim de evitar esses tipos de transtornos e dores de cabeça para você e seu negócio. Acompanhe conosco!

Evite perda de máquinas e dados

Assim como o corpo humano, computadores também precisam de um check-up periódico para evitar danos maiores e mais graves a longo prazo. Atualização de softwares, realização de backups de arquivos em servidores, checagem de vírus e remoção de programas maliciosos, acessos não autorizados e de lixo eletrônico são alguns dos procedimentos preventivos primordiais para garantir e prolongar a vida útil e o bom funcionamento de uma máquina.

Essas tarefas devem ser executadas ao menos uma vez a cada três meses, a fim de evitar queda de desempenho da máquina, lentidão de softwares, perdas de informações e sobrecargas no sistema operacional, por exemplo.

Qualquer um desses problemas com certeza irá impactar na qualidade dos trabalhos realizados a partir daquele dispositivo, ocasionando perda de tempo e de produtividade e dependendo do problema ocorrido, custos desnecessários e acima do esperado.

Vida longa ao equipamento

Fazer uma limpeza geral em todo o equipamento, sobretudo nos periféricos e nos demais dispositivos conectados, também pode livrar sua máquina de muitos problemas futuros. E justamente por se tratar de algo básico e simples muitos não dão a devida importância a esse quesito, que pode aumentar — e muito — a conservação das máquinas.

Um dos casos mais comuns é o cooler. Com o passar do tempo muita poeira e resíduos vão se acumulando nesse componente responsável por refrigerar o computador. O excesso de sujeira compromete seu funcionamento, afetando diretamente o desempenho do equipamento, deixando-o lento e excessivamente quente. Em pouco tempo a alta temperatura sobrecarrega as placas de processamento, causando travamentos e até mesmo danos irreversíveis às peças, obrigando a troca do item — além de perda de dados. Uma limpeza periódica e preventiva evita problemas desse tipo.

Economia ao escolher o tipo de manutenção

Muitas empresas com grandes parques tecnológicos e servidores complexos vêm apostando na contratação de empresas especializadas para dar conta da manutenção de suas máquinas e dar fim aos transtornos dessa natureza.

Muitas vezes, o custo dessa contratação é menor do direcionar sua equipe de TI para esse fim ou em situações emergenciais.

Por isso, pense bem ao se planejar. O barato muitas vezes sai bem mais caro. E lembre-se: manutenção preventiva não é gasto, é investimento! Mantenha uma equipe interna para essa finalidade ou contrate uma empresa especializada para isso. Quem sairá ganhando é você.

E caso tenha alguma outra dica ou tem boas experiências sobre esse tema, deixa seu comentário abaixo e compartilhe suas experiências e opiniões conosco.

 

 

 

Author André Bernardo de Oliveira

Diretor Comercial | Professor de Negócios - Best Seller | Executivo Especialista em Gestão de TI

More posts by André Bernardo de Oliveira

Join the discussion 2 Comentários

Leave a Reply